Sábado, 23 de Outubro de 2004

VLADIMIR HERZOG

v_herzog.jpg

Vladimir Herzog, jornalista brasileiro, foi cobardemente assassinado pela ditadura militar daquele país, em 1975, depois de ter sido torturado e humilhado no centro policial de uma unidade militar em São Paulo. Na altura, a justificação dada pelos militares foi que Herzog se tinha suicidado.

Os remorsos de um cabo da secreta militar levaram a que este entregasse agora ao jornal “Correio Braziliense”, fotos que mostram o tratamento a que o jornalista foi submetido no presídio militar. De seguida, as imagens foram publicadas e chocaram a opinião pública.

A situação embaraçou as Forças Armadas do Brasil que tentou passar-lhe ao lado, dizendo que tudo não passava de uma “vingança”. No entanto, a intervenção firme do Presidente Lula impôs que o alto comando militar do Exército se retratasse e “lamentasse” o sucedido.

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Deputados do Brasil exige, e muito bem, a reabertura das investigações sobre a morte de Herzog.

Faça-se justiça, dizemos nós daqui. Quem sabe se os torcionários não andam a passear as fardas pelos salões oficiais.

Mais informação sobre este caso pode ser obtida aqui.
publicado por João Tunes às 00:41
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. COMPLEXOS DE ESQUERDA

. ONDE MEXE MEXIA?

. AGORA

. ...

. SIM, ZAPATERO

. AO MANEL

. DESGOSTO ANTECIPADO

. CHISSANO ARMADO EM SPARTA...

. DOMINGO ANTECIPADO

.arquivos

. Setembro 2007

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds