Quinta-feira, 23 de Setembro de 2004

NILO E SINAI (14)

Egit_14.JPG

Passeio de faluca pelas águas do Nilo é prazer que não pode faltar. Sobretudo no curso (relativamente) largo entre as margens de Assuão (cidade), sentindo as águas mansas e de azul intenso, saltarem, levantando dedos de espuma para acariciarem o bojo do pequeno veleiro.

Já desconfiava mas confirmei rapidamente que a cantada faluca não era mais que cópia da falua que, no Seixal, se passeia pelo Tejo. Afinal, versão reduzida da velha fragata com que, em menino, ainda vi transportar bens pelo Tejo e alimentando a velha classe dos fragateiros barreirenses e que Mestre Augusto Cabrita imortalizou na sua arte de fotógrafo genial.

Dizem eles que quem não se banha no Nilo, perde a grande oportunidade de ser feliz. E a faluca, navegando e aportando na zona mais límpida do Nilo, oferece essa oportunidade de boa venturança. Acreditei é claro, ali o prazer é exclusivo dos crédulos. Mas resisti a ser feliz com tanta facilidade. A minha namorada e o Pedro não se fizeram rogados. Ainda bem. Sejam eles felizes que eu logo fico pronto para ir para o céu.

(Foto de Pedro Tunes)
publicado por João Tunes às 23:29
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. COMPLEXOS DE ESQUERDA

. ONDE MEXE MEXIA?

. AGORA

. ...

. SIM, ZAPATERO

. AO MANEL

. DESGOSTO ANTECIPADO

. CHISSANO ARMADO EM SPARTA...

. DOMINGO ANTECIPADO

.arquivos

. Setembro 2007

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds