Sábado, 27 de Novembro de 2004

...

Rivero[1].JPG
publicado por João Tunes às 17:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

CONTA PARA ROSÁRIO

index[2].jpg

Embora, por vezes (vezes a mais), ferva em pouca água, na maioria dos casos dá-me para a calma olímpica. E, entre a fervura e a calma, a ira entra pouquíssimo. Nada mesmo quando perante afectos transformados em opções de gosto. Porque, aí, cada um sente o que sente e nadinha há a fazer. E até um não cego tem o direito de não querer ver. Como alguém sensível tem direito a recusar o sentir.

Uma velha pecha minha é, numa situação desigual, tomar partido pelo lado do preso e recusar um olhar de cumplicidade e de afecto para com o carcereiro. Então, quando se trata de liberdade de opinião, o tilintar das chaves do carcereiro e os risos sádicos do torturador são marcas que sinto na carne. Aí, só posso estar solidário com o libertário encarcerado. Uma escolha, sem necessidade de ira nas vinhas. Porque estar com os dois seria cobardia de Pilatos, fingindo gosto por Mateus Rosé que só pode ser aceitável em quem se recusa a escolher entre branco e tinto, bebendo tudo que lhe metam à frente.

Isto tudo é para dizer, , que gosto de Raúl Rivero e detesto os seus carcereiros. Sem ira. É assim.
publicado por João Tunes às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Novembro de 2004

LONGA VIDA AO CAMARADA JERÓNIMO

pmenu_r2_c2_f2[1].jpg

Bem aparecido sejas no Clube dos Grandes e Queridos Líderes!
publicado por João Tunes às 18:43
link do post | comentar | favorito
|

VAI-NOS FAZER FALTA ESTE JOVEM GASTO

FernanValle.JPG

Pode-se ser velho, muito velho, e não merecer nunca que a vida se vá. Falamos de idade, é claro. E de espírito. E de exemplo de uma vida vivida tão saudável, tão investida a dar aos outros e ser exemplo e bandeira para todos. Tanto que não merecia ter termo.

Curvo-me perante a falta que Fernando Valle, um Homem para a galeria dos grandes portugueses, nos vai fazer.

Não é justo que este Homem Bom se tenha finado com a juventude de alma rebelde dos seus (apenas) 104 anos de idade. Porque a Liberdade em Portugal tem o seu nome gravado. E precisava (sempre) dele para a regar e iluminar.

Adeus jovem Companheiro, que ultrapassaste o efémero de se ter uma idade.
publicado por João Tunes às 18:34
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

POIS…

000000726[1].jpg

“O muro [de Berlim] não era mais que uma fronteira, como a que havia aqui, em Elvas e Badajoz, não era mais nem menos que isso”, disse Ruben de Carvalho, em entrevista à Visão.

“O senhor da fotografia não está a fazer mais nem menos que aquilo que faz quem acena para a esposa sentada na plateia”, digo eu, se me é desculpada a adopção de raciocínio abusado.
publicado por João Tunes às 15:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

LEMBRANDO A CENSURA

news[1].gif

O Noticias da Amadora, semanário que, durante o fascismo e sob direcção de Orlando Gonçalves, representou uma voz de ampla difusão alternativa de opiniões discordantes, foi particularmente castigado pela Censura.

Pela colaboração naquele Semanário, passou muita gente do jornalismo, da crítica e da opinião antifascista.

Segundo se lê no último número deste periódico, é feito o apanhado da acção da Censura contra ele. O lápis azul dos censores, entre 1958 e 1974, cortou ou retalhou, 2.776 artigos ou notícias (2.108 tiveram cortes parciais, 668 foram cortados na íntegra). 502 autores e autoras viram escritos seus objecto da sanha censória.

Curioso é também lembrar o ranking dos autores e das autoras mais visados pela censura (com mais de 5 artigos censurados):

1º) Orlando Gonçalves – Censurado em 111 artigos,
2º) Correia da Fonseca – em 58,
3º) Soeiro Sarmento – em 49,
4º) João Tunes – em 26,
4º) Orlando César – em 26,
6º) Molarinho Jacinto – em 25,
7º) António dos Santos – em 24,
8º) António Caeiro – em 23,
9º) Sérgio Ribeiro – em 20,
10º) A-da-Maya – 17,
10º) José Freire Antunes – em 17,
12º) Fernando Dacosta – em 16,
12º) Joaquim Assunção Leal – em 16,
14º) Afonso Cautela – em 15,
14º) Arlindo Mota – em 15,
14º) Eufrázio Filipe – em 15,
14º) Manuel Azevedo – em 15,
18º) Antunes da Silva – em 13,
18º) Deodato dos Santos – em 13,
20º) Alice Nicolau – em 12,
20º) Eduardo Olímpio – em 12,
20º) Torres Rodrigues – em 12,
23º) Joaquim Benite – em 11,
23º) Manuel Geraldo – em 11,
23º) Manuel João Gomes – em 11,
23º) Rui Pires – em 11,
23º) Torquato da Luz – em 11,
28º) António Amaral – em 10,
28º) Eugénio Rosa – em 10,
28º) Helena Neves – em 10,
28º) Muradali Mamadhusen – em 10,
32º) Carlos Carvalhas – em 9,
32º) José Antunes Ribeiro – em 9,
34º) Afonso Praça – em 8,
34º) Agostinho Chaves Gonçalves – em 8,
34º) Francisco Marcelo Curto – em 8,
34º) J.J. Magalhães dos Santos – em 8,
34º) João Paulo Guerra – em 8,
39º) Arnaldo Pereira – em 7,
39º) Luís Ganhão – em 7,
39º) Raul Calado – em 7,
39º) Tito Lívio – em 7,
43º) A. Krusse Afallo – em 6,
43º) Alexandre Silva – em 6,
43º) António Rico – em 6,
43º) Fernando Marrazes – em 6,
43º) Fernando Sequeira – em 6,
43º) José João Louro – em 6,
43º) Lauro António – em 6,
43º) Leopoldo Gonçalves – em 6,
43º) M.F. Tavares Sousa – em 6,
43º) Mário Rodrigues – em 6,
43º) Vítor Ângelo – em 6.
publicado por João Tunes às 01:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

O ANÁTEMA DE UM INTELECTUAL COLECTIVO SOCIALMENTE FECUNDO

EGH07444.jpg

Pelos vistos, os blogues incomodam muita gente. Dos extremos, sobretudo.

Ruben de Carvalho, o mais conservador dos intelectuais conservadores, na forma como conserva o seu partido (“não acho que faça parte da melhor forma de falar do meu partido referir publicamente os seus erros…”, diz ele), o mentor cultural e programático da Festa do Avante, não gosta de blogues. O que não se discute como gosto. Mas que isso o inquiete é que já é de natureza diferente do gosto. É, mais coisa menos coisa, desconfiança perante a liberdade. Ou um conceito muito próprio das amplas liberdades.

Leia-se o que ele diz sobre os blogues na entrevista que deu à última Visão:

“Os blogues são um tema que me inquieta. Em primeiro lugar, por me parecer que resultam de uma postura individualista socialmente estéril e a fomentam. Inquieta-me que a maioria dos blogues portugueses sejam de direita. Receio também o tipo de escrita, a sua brevidade, pouco susceptível de elaboração e reflexão.”

Aqui está um homem capaz de entender o desacreditado Gomes da Silva e melhor compreender o emergente Morais Sarmento (tivessem o mesmo partido, é claro).

PS: Claro que, na mesma entrevista, Ruben de Carvalho apoia Jerónimo de Sousa para próximo Secretário-Geral do PCP.
publicado por João Tunes às 00:18
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Novembro de 2004

FANTASIA

Ini_tudorosi[1].jpg

É sempre cedo demais para se perder a ilusão de uma viagem pela fantasia. Sem fantasia, o frio é mais frio, a noite é mais noite, a vida é menos vida.
publicado por João Tunes às 18:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

ONDE É QUE JÁ VI ESTE FILME?

mdf774181[1].jpg

Agora ... em Kiev.
publicado por João Tunes às 17:48
link do post | comentar | favorito
|

SORRISOS REPSOL

mdf773489[1].jpg

Venezuela tem petróleo. Espanha tem Repsol.
publicado por João Tunes às 17:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. COMPLEXOS DE ESQUERDA

. ONDE MEXE MEXIA?

. AGORA

. ...

. SIM, ZAPATERO

. AO MANEL

. DESGOSTO ANTECIPADO

. CHISSANO ARMADO EM SPARTA...

. DOMINGO ANTECIPADO

.arquivos

. Setembro 2007

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds