Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2005

MADEIRA MAIS QUE JARDIM

puppe02[1].jpg

É inteiramente justo o desabafo da Sónia sobre o estereótipo que se vai construindo sobre a Madeira, lembrando, como madeirense que se preza, que a Madeira não é só Jardim e dando umas dicas porque é que ela é Jardim. O meu profundo respeito pela susceptibilidade manifestada e mais que compreensível.

O que não invalida a fatalidade de uma de duas coisas:

a) Ou os madeirenses arranjam maneira (com muita coragem, está visto) de se desjardinarem (e o tal Serrão do PS vai em contra-mão ao clonar o palavreado do Jaime dos sifões);

b) Ou nós outros, mais o Orçamento, temos o direito de meter travão à mama da chantagem da ameaça pseudo-independentista.

Não basta aos madeirenses serem uns tipos porreiros e terem ilhas de magnífica beleza. Por muitas dificuldades de afirmação, não há por lá ditadura. E não estão isentos da “culpa” de, nas urnas e por voto secreto, eternizarem o mando ajardinado. Alguma coisa tem de saber bem à maioria (absoluta, não é?) para (re)apoiarem o Jardim.

Eu diria que o que nos falha não é a porrada na Madeira-Jardim. Penso que nisso até somos mais que benevolentes pois tirámos o homem da escala do admissível há muito tempo. Teremos é falhado no apoio às vozes da diferença madeirense (que não são aquelas que se desculpabilizam a dizer que, no continente, também há daquilo, porque isso não passa de uma forma de absolvição por via extensiva). Quanto ao resto, referendo já, e se querem a independência, andeke. Se possível, naturalizando (ou nacionalizando) o Pinto da Costa e oferecendo-lhe a Presidência do Arqupélago, como retribuição da simpatia, da amizade e do culto que este candidato a caudillo tem por aquele que lá está.
publicado por João Tunes às 16:20
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Joo a 8 de Janeiro de 2005 às 17:33
Claro, Sónia, claro. Quanto ao PC, foi ele a propor Jardim para nosso PR, e quando há uma gentileza ela deve ser retribuída, não é?


De Sonia F. a 6 de Janeiro de 2005 às 18:58
João, o que escrevi é apenas uma tentativa de entender, pela minha experiência na terra do meu pai, uma das razões porque os madeirenses continuam a votar no Alberto João. Muitas outras razões ainda não consegui compreender. Agora, por favor, não queira agora mandar o Pinto da Costa para o arquipélago. Isso é querer demasiado mal aos madeirenses. :) E não me parece que os habitantes do Porto aceitariam tal coisa, pois se o homem é considerado quase um Deus pela malta de lá de cima.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. COMPLEXOS DE ESQUERDA

. ONDE MEXE MEXIA?

. AGORA

. ...

. SIM, ZAPATERO

. AO MANEL

. DESGOSTO ANTECIPADO

. CHISSANO ARMADO EM SPARTA...

. DOMINGO ANTECIPADO

.arquivos

. Setembro 2007

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds