Segunda-feira, 13 de Dezembro de 2004

A TRAGÉDIA DE DOMINGOS ABRANTES NO TEATRO ABERTO

brandt-guillaume.jpg

A não perder a peça de teatro Democracia no Teatro Aberto. Trabalho dos mais asseados feitos nos últimos tempos e que funciona como excelente desenjoo para a vaga alegrinha La Féria.

Sobre o trabalho em si não me alongo. Mas sempre direi que a cenografia é excelente e o trabalho de actores mais que aceitável. E o resultado é que a peça se vê como se estivéssemos a ler um livro e em diálogo com ele. Pode querer-se mais do que isto quando se vai ao teatro?

Quanto ao texto e ao tema, muitas leituras se podem fazer. Desde pensar na figura de Willy Brandt. Também pensar na relação espião/espiado que é uma variante da verificada entre preso/carcereiro. Também pensar em política e, por essa via, há pano para mangas – a social democracia e o socialismo real, as democracias, os partidos, etc e muito. De qualquer forma, fica sempre mais nítido perceber (no vivo virtual do teatro) o socialismo científico e a enorme tragédia de Domingos Abrantes.

(na foto, verdadeira, Willy Brandt e o seu espião particular fornecido pela STASI)
publicado por João Tunes às 19:08
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. COMPLEXOS DE ESQUERDA

. ONDE MEXE MEXIA?

. AGORA

. ...

. SIM, ZAPATERO

. AO MANEL

. DESGOSTO ANTECIPADO

. CHISSANO ARMADO EM SPARTA...

. DOMINGO ANTECIPADO

.arquivos

. Setembro 2007

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds