Terça-feira, 23 de Novembro de 2004

HOJE

r539107437[1].jpg

Serás sempre assim, mesmo assim não sendo.

Como podias ser papoila ou vento vindo do mar. E isso também tu não consegues ser. Nem ninguém.

Ou aquele poema que a Sophia estava para escrever antes de a levarem para descansar. E ela não mais regressa para nos dizer o que lhe vai na alma e assim vamos ter de ficar com essa sede.

Mas cada vez te pareces mais, sentindo-te assim mais, com tudo de que gosto e me emociona. Sobretudo, quando como hoje, mais um sinal de vida te faz um leve risco para me orientar os dedos.

Um beijo é pouco. Mas eu tenho sina de te dar sempre pouco. Um beijo, pois.
publicado por João Tunes às 13:12
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. COMPLEXOS DE ESQUERDA

. ONDE MEXE MEXIA?

. AGORA

. ...

. SIM, ZAPATERO

. AO MANEL

. DESGOSTO ANTECIPADO

. CHISSANO ARMADO EM SPARTA...

. DOMINGO ANTECIPADO

.arquivos

. Setembro 2007

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds