Quarta-feira, 17 de Novembro de 2004

UM PAMPILHO NO CHARCO

flrtr053.jpg

Hoje, apeteceu-me plantar uma flor no charco seco da normalidade medíocre e estúpida em que nos estão a entalar. Puxando-nos para esse santanismo do desenrasca astral do controle contente que amanhã nos vai ditar a obrigatoriedade (com marca de patrocínio) de usar gel no cabelo e de gostar de parceiras com fio dental como calcinha, matando o prazer partilhado do despir.

Claro que não ia fazer figura de velho saudosista e plantar um cravo vermelho de provocação. Seria demasiado óbvio, visto e previsto. E nem sequer estamos em tempo de cravos (para mais, os fora de tempo e de estufa, agora cheiram a jerónimo, chiça!).

Nada melhor que um pampilho no meio do charco (seco). Bem melhor que uma pedrada. Gostos.
publicado por João Tunes às 16:14
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. COMPLEXOS DE ESQUERDA

. ONDE MEXE MEXIA?

. AGORA

. ...

. SIM, ZAPATERO

. AO MANEL

. DESGOSTO ANTECIPADO

. CHISSANO ARMADO EM SPARTA...

. DOMINGO ANTECIPADO

.arquivos

. Setembro 2007

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds