Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2005

NÚMERO

000212[1].jpg

Não há-de ser nada. Aguentámos tanto que aguentamos tudo. A pantomina ilusionista que siga a função. Porque sem uma faísca de ilusão, como íamos aguentar? Se a realidade é parva, sejamos espertos, o último recurso na mediocridade. E depois, como se diz por recurso, entre mortos e feridos, alguém há-de escapar. Nós. Pois então. Siga.
publicado por João Tunes às 22:56
link do post | favorito
De Werewolf a 5 de Fevereiro de 2005 às 20:06
Obrigado João, agora espero que retribuas da mesma maneira.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. COMPLEXOS DE ESQUERDA

. ONDE MEXE MEXIA?

. AGORA

. ...

. SIM, ZAPATERO

. AO MANEL

. DESGOSTO ANTECIPADO

. CHISSANO ARMADO EM SPARTA...

. DOMINGO ANTECIPADO

.arquivos

. Setembro 2007

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds