Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2005

ÉDIPO AO PODER?

22-ana-humor--tetas[1].jpg

O normal seria que um líder apelasse através da imagem induzida do fazer, construir, resolver. Porque é isso que esperam os que dependem de quem pode. Ou seja, todos os que não são poder, além do singelo poder do depósito de um voto.

Agora apelar ao voto de piedade para com a vítima, lembra a quem?

Passa a mensagem de transformar a responsabilidade do nosso estar e do nosso destino em compensação de um carente, homem que procura colo, um infeliz que precisa de ser primeiro-ministro senão atira-se da ponte abaixo e vai desta para melhor?

Apelos erotizados a maternidades disponíveis? Estaremos mesmo no terreno da política ou apenas a tratar um caso de materfilia?
publicado por João Tunes às 17:23
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. COMPLEXOS DE ESQUERDA

. ONDE MEXE MEXIA?

. AGORA

. ...

. SIM, ZAPATERO

. AO MANEL

. DESGOSTO ANTECIPADO

. CHISSANO ARMADO EM SPARTA...

. DOMINGO ANTECIPADO

.arquivos

. Setembro 2007

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds